saude-mental
Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin

Homens preferem buscar diagnóstico online do que realizar Consultas

Apenas 3 a cada 5 homens realizam consultas de rotina todos os anos. É quase tão comum que eles pesquisem sintomas de doenças no Google do que ir ao médico: 2 a cada 5 homens têm este hábito, e 23% deles costuma substituir a consulta por essa busca. 

homem-com-raiv
Homem estressado

O preço da consulta e a falta de disponibilidade nos postos de saúde são os principais motivos que os afastam dos consultórios, hospitais e laboratórios, o que mostra que a saúde ainda não é acessível para todos. 

Apesar do difícil acesso, muitos homens não parecem estar preocupados.

49% exagera no açúcar, 37% nos alimentos industrializados, 36% na gordura e 24% no sal, todos alimentos conhecidos por estarem ligados a casos de hipertensão, diabetes e problemas cardiovasculares. Não à toa, quase metade (48%) deles estão acima ou muito acima do peso. Além disso, 29% admitem não praticar exercícios físicos.

A saúde mental dos homens também preocupa

A mesma pesquisa toca em um assunto que vem ganhando relevância: a saúde mental. 

95% dos entrevistados se depararam com sentimentos negativos recentemente. Ansiedade, preocupações com a família, relacionamentos e/ou dinheiro e estresse são os mais comuns. 

⅓ acredita que estar bem emocionalmente é o principal desafio para abraçar uma vida mais saudável

A falta de conhecimento sobre os próprios sentimentos foi um estereótipo incentivado durante muito tempo, em especial por parte dos homens. Há até um termo para isso: é a masculinidade tóxica.

Esse tipo de comportamento tem sido apontado como agravante de depressão, transtornos de ansiedade, síndrome do pânico, e em seu limite, casos de agressão e assédio, como brigas no trânsito e violência contra a mulher, e até mesmo homicídios.  

Hoje, frases como “homem não chora”, “o homem deve sustentar a casa” e diversas outras pressões sociais estão finalmente caindo em desuso e permitindo que eles lidem com as próprias emoções de forma mais leve desde a infância.

homem-pensando
Homem refletindo

O que os homens devem fazer?

Para virar o jogo, antes de mais nada, é necessário deixar a masculinidade de lado, prezar pela saúde e ser o responsável por ela. 

Aqui vão algumas ações bem simples para saúde do homem, que representam um bom começo rumo à uma vida saudável e que dá para colocar em prática desde já:

Praticar exercícios físicos 

Para uma boa saúde, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda 150 minutos de atividade moderada por semana (ou 75 minutos de atividade intensa). 

Quem não está acostumado a se exercitar pode começar com um caminhada, um passeio de bicicleta ou musculação até evoluir para corrida, natação, futebol, artes marciais, entre outras modalidades.

Melhorar a alimentação

Comer mais verduras, legumes e verduras, reduzir o consumo de alimentos calóricos, industrializados e bebidas alcoólicas e aumentar a ingestão de água para no mínimo dois litros por dia são hábitos simples para incluir no dia a dia. 

Como nós do Proteção 247 podemos te ajudar?

Nós do Proteção 247 prezamos pela segurança, previsibilidade e estabilidade familiar, e fornecemos três tipos de ajuda para garantir esses 3 pilares. A primeira é ajuda médica, através do Médico na Tela, que te conecta a um médico em qualquer momento do seu dia, em questão de segundos.

O outro é o serviço de Assistência Funeral, onde resolvemos todas as partes burocráticas do funeral do falecido segurado, para aliviar a família e permitir que descansem. 

E por fim, o serviço de Acidentes Pessoais onde ajudamos você de várias formas, em que explicamos nesse aqui.

Ficou alguma dúvida?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Postagens recentes